segunda-feira, 1 de junho de 2009

Relatório do dia:

A besta do despertador decidiu perder a voz, e só acordei com os gritos da minha mãezinha (essa não, infelizmente nunca perde a voz) eram aí umas 8:05. Desgrenhada, mal-disposta e sem um mínimo resquício de cafeína no sangue movi (a grande custo) os pés para fora da cama. Para alegrar o dia, recebem-se os testes: "Mísera sorte! Estranha condição!", deu para perceber?

Chegada a casa no fim do dia, qual proletária exaurida, encontro a anteriormente referida mãezinha no trono de Rainha do Paraná, a fazer greve às minhas tarefas domésticas. Vinha eu armadinha em chica-esperta, a contar com um mega presentão de Dia da Criança (afinal, ainda não atingi a maioridade, oméssa!) e nada. Aliás, tudo: que ainda tive de vir fazer a cama. Vá, como quem diz que sim, porque fica sempre um nojo de cama mal feitinha, graças ao Sinhor.

Melhor que tudo é acabar o dia a sentir José Cid à guitarra (Veeem, viver a vida Amooor!), com aqueles óculos às tiras que as Marias compraram em Lloret - só porque são extremamente rebeldes.


A mensagem do dia é:
Diverti-vos! Feliz dia da Criança! ;)
[Sim, sim, sou eu. E não há muito tempo! 05-08-1995]


6 comentários:

Padeiro aka valentino rossi das rotundas disse...

Rebelde rebelde é dormir calçado!

vice' disse...

Até te dizia o que é a rebeldia... mas não, fica para outro dia!

Criançaaaa!! :P

Padeiro aka valentino rossi das rotundas disse...

Mas agora diz...
até respondes a rimar,
mas isso de ser apenas por azar

Padeiro aka valentino rossi das rotundas disse...

deve

vice' disse...

Estás sobre o efeito da lata do outro post?? Quando começas a fazer essas rimas... :)

Padeiro aka valentino rossi das rotundas disse...

Não, não estou