terça-feira, 22 de dezembro de 2009

diz que é a crise.

Não sei como vai ser isto, mas ainda não comprei prendas a ninguém! E a não ser que ganhe a lotaria do Natal, vejo a situação bastante complicada: o meu cartão multibanco faleceu na segunda semana do mês. Ou seja, isto tem sido uma crise pegada até agora! Valha-me a minha santa irmã, regressada da emigração, que vai comprando (pagando, vá) as prendas que temos mesmo de oferecer à família - só à mais chegada, aqui não há extras!

Para pagar o jantar de Natal de hoje tive de recorrer a financiamento externo e, como é tradicional, levei com bonita resposta: "quero o troco" - agradecida, muito me ajudas. A parte fantástica da questão é que não há troca de prendas! yes, yes, yes! A ideia original foi troca de postais, feitos por cada um (comprar é batota).

Como se toda a a minha miséria financeira não fosse suficiente, sinto-me atacada por uma qualquer variante da Gripe A: este ano ainda não houvi cd's de Natal nem fui sacar vídeos do Coro de Santo Amaro de Oeiras... só me tem apetecido ouvir José Cid ou o (tão natalício)

KISOMBA.

(haja alguém que me interne numa clínica - que tenha spa e massagens)

2 comentários:

Padeiro aka valentino rossi das rotundas disse...

Vais "mazé" directa para o sobral Cid xD

Inês disse...

é mesmo a tua cara! :P