terça-feira, 29 de dezembro de 2009

os saldos

Os saldos são um bicho que se agarra às pessoas, uns dias depois do Natal. Conduz, em rebanho, camionetes de gente aos centros comerciais numa de esbanjar dinheiro - loucamente.

I - Fórum Coimbra

Como detectar uma época de saldos:
Restauração: Impossível encontrar mesas vagas para almoçar porque há pequenas convenções de Ti Marias que, com carteiras, malas, casacos e (se for preciso) as pantufas do esposo, guardam ferozmente os melhores sítios. Ou isso, ou há casais de namorados embasbacados um para o outro que, em vez de comerem a sopinha e a sande, vão elogiando o cabelo (dele) e o bonito bâton (dela).
Vestuário: Há lojas com um odor horrendo a transpiração, derivado da incursão de algum grupo de teens histério. Essa brisa fétida é, ao mesmo tempo, ensurdecedora e capaz de deixar as clientes cheirosas quase cegas! Noutros casos, as roupas estão amontoadas debaixo de letreiros que variam entre os 5 e os 20 euros - eurios, perdão - onde imergem mãos, braços e cabeças, numa epopeia dos preços baixos. Nos casos mais graves, chega a haver disputa entre peças, quando só resta um tamanho e uma cor que encaixa perfeitamente em duas senhoras monstruosas que, puxa daqui e puxa dali, tentam assaltar-se mutuamente.
Livros, Cd's: A secção de Ópera e Música Clássica tem clientes; há crianças loucas a correr com livros do Noddy e/ou CD's que incluem o seu nome em cada faixa. Caso extremo: o último romance (lindíssimo, com toda a certeza) da Margarida Rebelo Pinto está esgotado.
Casas-de-banho: têm fila e, quando se passa a porta, deseja-se ardentemente voltar atrás e vomitar ou ter o nariz absolutamente entupido.

Como evitar (o lado negativo de) uma época de saldos:
Confundir o adversário: almoçar cedinho e começar a ronda pelas lojas ainda no período de almoço, quando toda a multidão se dirige ao último piso.
Jogar pelo seguro: manter 5€ no bolso porque pode estar, ao virar da esquina, a melhor promoção de todas - e uma nota das pequenas pode fazer toda a diferença.
Equilibrar defesa e ataque: ter atenção aos pacotes de desconto, ou acaba-se o dia a zeros (que foi o caso)
Ter champanhe para celebrar a vitória: quando se joga em casa e a equipa de arbitragem está comprada, o resultado nunca pode ser menor que uma goleada!

Rescaldo:
Saldo inicial - 120€
Saldo actual - 3€
Alegria inicial - 50%
Alegria actual - 70%
Quantidade de artigos adquiridos - 6 + almoço + cinema
Disseminação do vírus dos saldos - controlada

7 comentários:

Inês disse...

o (dele) e (dela) nao está muito actualizado, senhora marilu, hoje em dia, o baton podia perfeitamente ser dele! mais um pouco e a menina ja pode ir imitar a bobone com o seu livro do estar sempre bem... :P

Caramela disse...

Fiquei a pensar... Comento? Não comento? Vale a pena comentar? Acabei por decidir comentar com um simples: Estava-se mesmo a ver que vindo de ti, só podia sair um post destes!:P

vice' disse...

Inês:
tenho de concordar com o reparo! O baton, o rimel, o eyeliner ... enfim, todo o kit de maquilhagem, podia ser dele !!
quem me dera ser uma paula bobone!! hahaha

Caramela:
Um post assim tão parvo, só podia ser meu... right. merci pelo elogio! ;)

Padeiro aka valentino rossi das rotundas disse...

Fiquei, realmente, elucidado sobre os saldos. Penso (o que é algo raríssimo e apenas visto quando algo não acontece) que os conselhos para a belle epoque dos saldos são, de facto, alguma coisa de jeito.
Existe apenas um pequeno senão: esta doença apenas atinge cerca de 5% dos homens (a secção dos bichonas lusco fusco); contra este vírus as mulheres não parecem ter imunidade.
Quero beber monster.
Que posso eu fazer?

vice' disse...

tens muita conversa, mas podias aproveitar esta belle epoque para comprar uma mota de Homem, que essa tua espécie de motoreta de miúdo não tem power suficiente para aguentar a calçada portuguesa de coimbra!

(experimentar misturar red bull com o gasóleo ou gasolina - ou seja o que for que a coisinha consome!)

Inês disse...

nem a propósito do teu belo post, apareceu no telejornal que, no que toca ao reveilon, a maior preocupação das senhoras (a seguir ao vestido) era o cabelo... diz que está na moda o estilo chanel. Já tens o teu coco? :P

vice' disse...

primeiro: em que telejornal? desconfia da tvi, cara amiga! ;)

Chanel para mim está demode. Gosto mais dos penteados da Délita! hahaha