sábado, 3 de outubro de 2009

"Não olhes pra mim, não olhes"

Ainda agora estava furiosa, danada dos pregos (como se costuma dizer). Tinha planeado vir aqui deixar uma qualquer mensagem hiper raivosa, capaz de reflectir a vontade que tinha de mandar alguém à Quinta do Caraças. Depois pensei que, antes disso, e para conseguir explicar-me melhor, devia ir ao iTunes escolher um tema qualquer muito metálico para furar os tímpanos a quem abrisse esta página.

Esqueci-me que tinha a escolha aleatória... quando carreguei no play ouço a Amália a cantar a sina da Comadre Mari' Benta. Agora estou só a pensar que, depois de uma certa hora, sou a criatura mais ridícula que conheço.

As melhoras ao garoto da Comadre Mari Benta.

4 comentários:

Inês disse...

a que propósito é que estavas raivosa? Tinha acabado de te deixar em casa e estavas bem... aiai...

vice' disse...

uma coisa te garanto: não tem nada nada nada a ver com a tua boleia ! ;) Cheguei a casa em paz! :)

Inês disse...

AH BOM, ao menos isso, já estava a ficar assustada, depois de um ensaio tão santo, em que a Rita até falou PIANISSIMO!!!! :p

vice' disse...

... com sotaquezinho italiano e tudo! ;)